Conheça o Canadá

Estudar e morar no Canadá. Comece lendo esse texto.

(Atualizado em 5/12/2021)

Estudar no Canadá é um dos caminhos para morar definitivamente no país, principalmente para aqueles que não têm perfil para imigrar diretamente pelos  processos canadenses mais comuns. Além de estudar no país que é considerado o sexto mais seguro do mundo e o primeiro em qualidade de vida e poder ter acesso à educação de qualidade, o estudante internacional pode trabalhar durante meio período enquanto estuda em um curso superior. Depois de se formar, o aluno pode tentar obter uma permissão de trabalho em tempo integral e ficar mais tempo no país. Cerca de 60% dos alunos internacionais desejam ficar no Canadá após concluir os estudos.

Além disso, se vier com sua família, há maneiras de seu cônjuge também poder trabalhar e seus filhos frequentarem a escola pública de graça. 

Mas como tudo isso funciona?

Em primeiro lugar, o que recomendamos para todos que iniciam seus planos de estudar e morar no Canadá é muita pesquisa e estudos sobre o país. O Canadá tem 10 províncias e 3 territórios que são totalmente diferentes, independentes e possuem regras próprias. Cada lugar possui um mercado de trabalho diferente e também cultura e clima diversos. Muitos costumam dizer “quem não pesquisa, não chega ao Canadá” e é verdade. Tanto para estudos como para imigrar, exige-se planejamento e muita dedicação.

Como a BFF CANADÁ é uma empresa de consultoria educacional localizada no Canadá, especializada em planos de estudos para todo o país, então vou explicar para vocês como funciona o “Plano Canadá” por meio de estudos, ou seja, as etapas até você se formar aqui. 

Estudar e depois tornar-se residente temporário

Há uma coisa que se chama “PGWP” (post-graduation work permit) e que é o sonho de muitos brasileiros que pensam em morar aqui. Esse é um tipo de permissão que o Canadá pode oferecer para quem se forma aqui, permitindo que o aluno tenha um visto de trabalho por tempo integral e fique mais tempo no país. Para ser elegível a esse benefício, é preciso estudar num college público ou em uma universidade, em cursos de longa duração (pelo menos um ano ou mais). Ao se formar e entrar com seu processo de pedido do PGWP para o governo canadense, você poderá obter de 1 a 3 anos a mais no país, dependendo de quanto tempo estudou e também de decisões soberanas do oficial de imigração. 

Todo estudante matriculado numa instituição de ensino superior no Canadá tem direito a trabalhar por 20 horas semanais (caso faça um curso de mais de 6 meses). Cursos de inglês comuns não dão a possibilidade ao aluno de trabalhar no Canadá. 

Enquanto você estuda no Canadá, você terá um visto de estudante (study permit) e o governo te enxergará como tal. Você só passará para a “segunda fase” (PGWP) e para a “terceira fase” (P.R. – residência permanente) após passar por vários processos. 

“Desse modo, meu cônjuge pode trabalhar?” 

O seu cônjuge poderá obter a permissão de trabalho full time (Open Work Permit) caso o estudante aplicante escolha uma instituição e um programa (curso) que darão a elegibilidade a aplicar para o PGWP. Por isso muitos casais se animam em vir juntos, pois um estuda e trabalha meio período e o outro trabalha em tempo integral. Dessa forma, caso tiverem filhos acima de cinco anos de idade, também podem matriculá-los em escolas públicas gratuitas, geralmente próximas de suas casas. 

É definitivamente uma experiência enriquecedora onde todos podem sair bilíngues e com uma vivência internacional, fora a possibilidade de imigrar. Se compararmos com o valor que uma família gastaria para fazer uma pós-graduação no Brasil, por exemplo, mais o valor de uma boa escola particular para os filhos, transporte, curso de inglês para os filhos e para o cônjuge, mais as despesas que tudo isso geraria, talvez essas contas tragam muita reflexão e ajudem na decisão de estudar no Canadá.

“Tá, mas como eu faço para imigrar definitivamente depois de concluir o curso no Canadá e ter a tão sonhada residência permanente (P.R. card)?”

O processo é de médio a longo prazo e exige que tudo seja planejado para que o aluno construa da melhor forma o seu caminho no Canadá. Após conseguir o PGWP – vamos supor que o aluno conseguiu mais dois anos no país e aí será considerado um residente temporário – a ideia é trabalhar na sua área de atuação para poder aplicar para algum plano de imigração existente e que mais se adeque ao perfil e necessidades da pessoa (não somos consultoras de imigração, mas temos parcerias com as melhores empresas do ramo). Um dos programas mais populares é o Express Entry, um sistema federal que se baseia em pontuação e busca imigrantes com alta qualificação profissional onde se considera o bom nível de inglês, experiência profissional, idade e escolaridade, entre outros critérios. O estudo no Canadá pode ajudar o aluno a gerar pontos para este tipo de programa, por exemplo, dependendo do programa escolhido. 

Além do Express Entry, há os programas provinciais e alguns deles são baseados em ofertas de trabalho, então, alunos que desejam ficar batalham por conseguir um bom emprego (dentro do seu NOC – National Occupational Classification) em uma empresa que possibilite o ingresso nesses programas de imigração. Eu indico uma leitura apurada no site oficial do governo canadense, onde estão descritos os processos de imigração, quem é elegível e como aplicar. Se você acha que possui perfil para aplicar para os processos de imigração diretamente, sem estudar, você pode fazer tudo sozinho ou contratar uma empresa de imigração que faça isso para você, como a BFF Canadá.

Mas como escolher então um curso que dê a elegibilidade ao PGWP?

Cursos em colleges privados ou cursos vocacionais de curta duração não dão essa elegibilidade, porém, estes cursos são mais baratos. Aqui neste texto há uma explicação sobre as diferenças entre college privado e college público

Para que você seja elegível ao seu PGWP, precisa basicamente de uma das duas coisas abaixo:

– Estudar e se formar em um college público em um curso de duração mínima de oito meses (curso precisa ter a carga horária de período integral);

– Estudar e se formar numa universidade (seja pública ou privada) num curso de graduação ou pós-graduação. Leia aqui um texto sobre bacharelado, mestrado e doutorado no Canadá.

“Mas Adri,  eu conheço pessoas que estudaram em colleges privados e conseguiram o PGWP e também o work permit para o cônjuge.”

Esses casos existem, mas são arriscados, pois contam muito com a sorte também. São pessoas que arriscaram e calcularam esse risco fazendo um bom plano financeiro, fazendo um programa co-op, por exemplo, que inclui um período de estágio remunerado em empresas, se inserindo no mercado de trabalho de forma muito profissional e assertiva, como esta família que eu entrevistei para o meu canal, que vocês podem conferir aqui. Há muitos casos de sucesso, assim como também há casos que não deram certo. Não há uma fórmula mágica, o que existe sempre é planejamento. Principalmente financeiro. É importante que todos tenham consciência do que pode dar errado, pois todo e qualquer processo de estudos com vistas à imigração tem seu grau de risco.

A escolha de um curso/college muitas vezes é a base para toda uma carreira futura no Canadá e isso é muito sério. Cada caso é um caso e não adianta pegar o exemplo do seu amigo ou amiga que estudou “Y” no college “X” e achar que isso serve para você também. 

Eu acredito que ambos – college público e privado – têm suas vantagens, mas o que precisa ser levado em conta são os riscos e quem está arriscando. Se você que está lendo este texto é solteiro, jovem, tem muito tempo ainda pela frente em sua vida para tentar várias coisas, não tem muito dinheiro e nem inglês suficiente para um college público (geralmente um 6.0 ou 6.5 no IELTS), o college privado pode ser sim uma ótima opção, caso você desenhe bem a sua estratégia. Se você optar por um curso co-op, por exemplo, que é uma modalidade onde há um período de estudo e um período de estágio remunerado em empresas relacionadas ao curso, pode ser uma grande chance de fazer networking e mostrar seu trabalho. No Canadá, é muito importante que as pessoas te conheçam, tudo aqui é baseado na confiança e muitas empresas acabam contratando os estagiários. É claro que uma pessoa solteira também pode querer o PGWP e ter essa garantia. Mas no caso de você não ter dinheiro nem inglês suficiente para um college público (que é bem mais caro), mas querer muito chegar logo ao Canadá, pode ser uma boa opção. 

Mas se você quiser morar na parte francesa do Canadá – na província de Quebec – há opções de alguns cursos em colleges privados na cidade de Montreal, por exemplo, que dão elegibilidade ao PGWP. Lá as regras de imigração são um pouco diferentes e por isso há outras possibilidades. E você pode fazer o curso todo em inglês, se quiser. O francês é a língua oficial de Quebec e você terá que aprender o idioma para poder viver lá, mas há como estudar em inglês no seu programa de college. Fale conosco para saber mais.

QUANTO CUSTA?

Não é barato. Embora seja mais barato que estudar nos EUA, por exemplo, quem deseja imigrar no futuro por meio de estudos precisa ter em mente que isso é um grande investimento. Além do valor do college (geralmente se paga o primeiro ano ou primeiro termo, depende da instituição escolhida), no caso de um programa em um college público, por exemplo, vamos imaginar um valor de uma tuition de 18 mil dólares canadenses por ano, sendo dois anos de programa, então já são 36 mil dólares canadenses só de college. Mas há colleges mais caros ou mais baratos, depende da escolha do curso/escola. Além disso, é preciso comprovar para o governo que o estudante e sua família (se for o caso) têm condições de se sustentar aqui sem dificuldades enquanto estuda, no site do governo canadense você pode conferir os valores a comprovar. Para uma família com um filho, por exemplo, esse valor hoje chega a 17 mil dólares canadenses. Além disso, tem as passagens aéreas, valor do aluguel de um apartamento/casa até encontrar o ideal, depois o valor de alguns aluguéis adiantados quando se chega aqui, mais despesas com exames médicos que o processo exige, despachante de vistos, consultorias, taxas, entre outras coisas.

Estima-se hoje que para uma família com um filho, por exemplo, o valor investido seja por volta de no mínimo 220 mil reais (considerando o valor do dólar de hoje, em 12/2021). Mas este valor é aproximado e muito genérico, pode variar para mais ou para menos, pois cada família tem um estilo de vida, cada curso escolhido tem um valor, são muitas variáveis. É complicado citar valores porque muitos brasileiros levam ao pé da letra. Até um tempo atrás, quando falava-se que precisaria de 100 mil reais para estudar aqui, esse valor “fixou” na cabeça de muitas pessoas e tornou-se uma base obsoleta, uma vez que o dólar aumentou muito. Por isso é importante analisar cada caso e fazer o orçamento de acordo com cada curso e realidade de cada estudante.  

No caso de uma pessoa solteira, será menor o valor a ser comprovado para o governo, porém, ela terá todas as despesas no país para pagar sozinha, como aluguel, por exemplo. Além disso, como só poderá trabalhar até 20 horas semanais como estudante, sua renda no país será menor do que a de uma família.  

Como diz minha sócia e consultora educacional na BFF Canadá, Daniely Ramos, “uma coisa é o valor do plano e outra é o valor da vida real”. Na opinião dela (e na minha também), além de tudo isso é preciso trazer economias para que ninguém passe apuros em caso de não encontrar emprego tão rápido, por exemplo, ou passar por alguma crise ou imprevisto. Ela sempre reforça a importância de trazer um dinheiro extra para pelo menos seis meses ou até um ano. O ideal é que as pessoas venham bem preparadas, principalmente casais com filhos pequenos. Afinal, é uma responsabilidade e tanto mudar de país. 

.

Gráfico que ilustra o sistema educacional do Canadá. Fonte: cicic.ca

.

DÊ O SEU PRIMEIRO PASSO

E então, que tal estudar e morar no país considerado o primeiro em qualidade de vida do mundo? A gente te orienta nesse primeiro e importante passo, estudar no Canadá. E depois fazemos todo o seu processo de matrícula, dando todo o suporte até sua chegada aqui. Também temos serviços de vistos para que você tenha uma assessoria completa.

Não tem inglês? Não há problemas, pois muitos de nossos alunos fizeram cursos de inglês no Canadá antes de começar o college e hoje estão indo muito bem.;) Devido à pandemia, agora há a opção de estudar inglês online, do Brasil.

A gente tem várias opções de cursos de inglês para todos os níveis e também o inglês acadêmico (Pathway) que prepara para a entrada no college ou universidade, sem a necessidade de fazer um teste como o IELTS.

Como a BFF Canadá pode te ajudar? 

  • CONSULTORIA EDUCACIONAL
  • ADMISSÃO E MATRÍCULA NO CURSO
  • OUTROS SERVIÇOS DE APOIO PARA SUA CHEGADA

Por que o primeiro passo é a consultoria?

Porque se você deseja imigrar no futuro e ter sua carreira profissional no Canadá, é preciso fazer um bom planejamento e isso envolve muitas coisas. O curso é apenas uma delas.

Escolher o curso e se matricular não é tudo, por isso trabalhamos com consultoria educacional personalizada, onde vamos abordar coisas importantes para o SEU plano de ficar no Canadá após estudos, como: 

  • Tipo de curso ideal: programa de diploma ou MBA? Qual é o melhor para o seu caso? 
  • O curso que você fará é reconhecido pelas empresas na província que você vai morar?
  • Idioma: seu nível de inglês é suficiente para o curso? Terá que fazer um pathway? Teste do IELTS?
  • Família: virá sozinho ou com família? O que envolve tudo isso e quais os melhores caminhos para todos? Quem vai estudar e quem vai trabalhar?
  • Budget: Quanto precisa? Valores de college ou universidade, despesas em geral, o que o governo exige, etc.
  • Futuro no mercado profissional: a BFF Canadá ajuda você a escolher o programa mais adequado aos seus objetivos profissionais no Canadá.
  • Imigração: 98% dos nossos clientes desejam imigrar no futuro, então a escolha do curso pode contribuir muito para o seu sonho de ficar. Questões como tempo de curso e elegibilidade ao PGWP são muito importantes.

Marque agora sua consulta educacional conosco através deste link e dê o seu primeiro passo em direção ao seu sonho de estudar e morar no Canadá. 🙂

ACHA QUE TEM PERFIL PARA IMIGRAR SEM PRECISAR ESTUDAR?

Deseja uma consultoria de imigração? Nós representamos consultores de imigração regulamentados que poderão avaliar o seu perfil. Clique aqui para saber mais. 

More no Canadá. Mude sua vida.

Abraços,

BFF Canadá

RECEBA NOSSAS NOVIDADES

    Nome Completo:

    E-mail*:

    WhatsApp (com DDD)*:

    Veja também